BW-IMG_2026.jpg

Nina Soutoul

CO-GERENTE

Francesa, formada em Desenvolvimento et Administração na Universidade Lund, tem concentrado seus estudos no desenvolvimento de crianças e estratégias de comunicação. Ao longo dos anos, tem trabalhado com conflitos em ONGs no Paraguay, Malásia e Indonésia principalmente com jovens. Também foi estagiária do JR no seu estúdio de Nova Iorque, no projeto Inside Out. Nina se apaixonou pelo Brasil há um ano e meio e é extremamente grata por estar de volta ao país que ela considera como sua casa e trabalhando no Casa Amarela, valorizando o papel da arte e da cultura e seu impacto na comunidade.

BW-IMG_2031.jpg

Tiphanie Constantin

CO-GERENTE

Franco-Brasileira nascida em Paris, é formada em Letras, Tradução e comércio internacional na Universidade da Sorbonne. Trabalhou com ONGs tais como Fundação Ford, CCFD, Outros Brasis, Filhos do Marajó. Em 2015, decidiu largar tudo e voltar para o Brasil, no intuito de se aproximar de sua outra cultura. Se tornou professora de francês e conheceu a Casa Amarela através  de um documentário francês no qual trabalhou como apresentadora. Começou na Casa há um ano e meio como voluntária e hoje em dia é uma das gerentes. Trabalhar na Casa Amarela e sobre tudo no Morro da Providência foi a experiência mais marcante de sua vida e a melhor maneira de redescobrir a própria cultura, contribuindo com o que há de mais importante, a educação.

BW-IMG_2066.jpg

Douglas Oliveira

FOTÓGRAFO 

Douglas nasceu e se criou no Morro da Providência e tem trabalhado com a Casa Amarela há mais de 8 anos. Aprendeu a fotografar graças ao Maurício Hora e outros cursos que fez por meio da Escola de Arte e Tecnologia com Vik Muniz e Marisa Orth e no estúdio do Gringo Cardia. Começou a retratar a vida dos moradores enquanto cursa Educação Física e trabalha com graffiti, aprendendo dos artistas que vem frequentando. Ele é o fotógrafo oficial da Casa Amarela e ama retratar a vida da Casa e de quem a frequenta. Com sonhos de ganhar o mundo, Nova Iorque há de ser o primeiro passo !

BW-IMG_2062.jpg

Taígo Deus

FACILITADOR 

Taígo é o mais jovem da equipe, também nascido e criado no Morro da Providência. Começou a frequentar a Casa Amarela quando ainda criança, também aprendendo fotografia com Maurício Hora, fotógrafo e amigo do JR. Prestes a começar a estudar na faculdade, ele é a melhor prova do quão transformador o impacto da Casa pode ser na vida das pessoas. Atuando como facilitador, ele é uma peça chave na comunicação com os moradores, sempre divulgando os nosso eventos culturais, passeios e apresentações.

DJI_0381.jpg

JR

Fundador

JR, artista e fotógrafo francês abriu a Casa Amarela Providência em 2009 após o seu projeto Mulheres São Heróis dando voz às mulheres do Morro da Providência através da arte. Ele sempre quis encontrar uma maneira de ajudar a comunidade através da arte, e a Casa Amarela Providência foi criada numa tentativa de apoiar as crianças da comunidade, abrindo um centro cultural que se tornaria seu espaço seguro para crescer e desenvolver suas habilidades artísticas.

Maurico.jpg

Mauricio Hora

 FUNDADOR

Fotógrafo local e morador do Morro da Providência, Mauricio Hora criou a Casa Amarela com o JR em seguida ao projeto “Mulheres São Heróis”, no qual colaborou. Mauricio usa a fotografia para documentar a vida em áreas conflituosas e seus projetos são conhecidos internacionalmente. Com mais de 20 anos de dedicação à fotografia e seu conhecimento da comunidade, Mauricio também ajuda na comunicação com seus moradores e divulga o trabalho que está sendo feito na Casa Amarela Providência.

Fotografia+11-12-18-15.jpg

Marc Azoulay

Director Estúdio NYC 

Diretor de estúdio e produtor de JR em Nova York, ele lidera a equipe brasileira semanalmente. Marc morou no Brasil por mais de dois anos e se apaixonou pela cultura e singularidade deste país. Através de seu envolvimento com a Casa Amarela Providência, ele fica em contato com essa apreciação pelo Brasil e seu conhecimento da cultura brasileira é definitivamente um trunfo para sua equipe no campo.

Apresentacao+-+27-04-19-248.jpg

Ernane Fereira

Bailarino afro e arte educador.

Graduação em Gestão comercial com pós em gestão estratégica, MBA turismo cultural em curso. Teve seu primeiro contato com as artes cénicas em um curso de teatro onde foi direcionando para dança , experimentou diversas modalidades porém sua conexão com a valorização da ancestralidade falou mais alto quando experimentou as danças de matrizes africanas. Trabalhou em programas e projetos de Minas voltados para o fortalecimento de identidade. Estudou com Marlene Silva , Evandro passos e Carlos Afro, Dançou na CIA Bataka , C.Afro e CIA e em outros trabalhos. Veio para o Rio se reencontrar, pesquisar e principalmente cumprir um chamado espiritual que o direcionou a Casa Amarela onde fez a sua primeira aula de dança afro. Com isto surgiu a oportunidade para integrar o time. A experiência pessoal tem sido enriquecedora.